Sociedade | O Destino do Brasil.

sociedade-os-destinos-do-brasil-por-tony-casanova

   Desde que foi deflagrada a Operação Lava Jato e vieram á tona os fatos que alarmaram o mundo em torno de vários escândalos políticos envolvendo a nata da nossa política, a população brasileira tem estado assustada. Desacreditado e cada vez mais vulnerável ás críticas das comunidades internacionais, o Brasil virou piada global. Os últimos acontecimentos vieram com a Operação Carne Fraca, investigação do setor de carnes brasileiras executada pela Polícia Federal e que no linguajar político, “vazou” para a imprensa e complicando a credibilidade dos importadores do produto brasileiro  que diante da exposição dos fatos, retrocederam e colocaram o “pé atrás”.

  Obviamente que diante do prejuízo econômico gerado e da bola de neve de comentários nas redes sociais, o Governo fez o que sabe fazer melhor; discursos. Todos estes últimos acontecimentos na política brasileira deixam claro a real situação do País e desgoverno em que estamos metidos. A situação clara e evidente nos mostra que existe uma forte briga interna entre os setores governamentais, briga esta que se antes estava disfarçada, agora já está aberta a público de forma escancarada. A Justiça brasileira, bem representada pelo Juiz Dr Sérgio Moro e sua equipe, tem encontrado séria resistência política na execução da Operação Lava Jato e o povo assiste a única iniciativa judicial que poderia levá-lo a acreditar na Justiça do País, ser atacada de forma maciça e contundente pelo próprio Poder Judiciário.

  Então vamos raciocinar desta forma: Suponhamos que houve um roubo em família e o chefe de família está investigando e compondo dossiês para levar os culpados á justiça e sentenciá-los por seus crimes, mas a vizinha, de forma inexplicável teve acesso aos dossiês. Então aqueles que supostamente poderiam ser apontados como culpados, pedem a anulação destes dossiês que não poderão ser usados como provas. Perguntas: Então a invasão e acesso da vizinha anula os culpados que são apontados como culpados?  Não seria o caso de abrir-se uma investigação e saber-se porque tantos vazamentos dentro de uma operação tão importante quanto a Lava Jato? E porque tanto se fala em vazamentos e ninguém descobre quem diabos está infiltrado tentando prejudicar o andamento das investigações e mete logo o ou os infelizes na cadeia?

  Não resta dúvida de que misturou-se polícia, política e judiciário, aliás fato que não surpreende a ninguém que pelo menos esteja observando os fatos de perto e possua senso claro para análises. Os políticos, obviamente descobriram o poder de influência das redes sociais e passaram a plantar seus politiqueiros disfarçados de meros usuários que alimentam ideias de dissensão do povo. Toda a lama que antes se via em horários políticos viraram tsunami nas redes sociais, descendo e trazendo uma enxurrada de lama em suas postagens. O Governo Temer, antes posicionado como “Salvador da Pátria”, tem apresentado tantas decisões equivocadas que estarrecem o mundo e jogam ainda mais lama na imagem do Brasil.

  A realidade é tão cruel que se antes tínhamos o sonho de nos tornar um País de primeiro mundo, agora rebaixados e na terceira divisão, passamos a nos contentar se houver uma vaga para nós entre os Países que estão no terceiro mundo. Enquanto o povo, absurdamente ainda briga por seus ideais políticos em redes sociais, erguendo bandeiras e apontando culpados, a classe política comemora o fato de ter enterrado o Brasil no caos de uma vez. Acreditem, não há outra crise senão o rombo deixado pelos exploradores dos pobres. Os abastados continuam comendo caviar e bebendo vinho, andando em seus carros importados, cercados de seguranças e ganhando seus altos salários.

  Quanto a ilusão de mexer em suas aposentadorias, que ignorância do povo, achar que quem ganha salário alto precise preocupar-se com aposentadoria, senão com toda verba que amealhou dos bolsos dos “Menos Favorecidos”. Enquanto a população ainda acredita em bordões como “Nossa Gente”, “Minha Gente” e coisa e tal, não percebe que o Governo cria a crise e propõe o voto como moeda de troca de solução. Enquanto o Carnaval, O Futebol e os Shows forem mais importantes que a Saúde, a Segurança Pública e a Educação, nosso País não vai á frente. 

  Texto do Escritor e Autor Tony Casanova – Todos os Direitos desta obra estão reservados ao autor e protegidos pelas Leis nacionais e internacionais de proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. A violação destes direitos se constitui em crime e está passiva das sanções legais cabíveis. Proibida a cópia, a colagem, reprodução ou divulgação em qualquer meio, independente dos fins e dos meios, sem autorização prévia e expressa.

 

Anúncios

Comente a matéria

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s